Buscar
  • Ana Bueno

Eu, na era da rádio no tempo das Lives





Desde a infância fui acostumada com o som do rádio de pilha. Muitas vezes no café da manhã, meu pai gostava de ouvir as notícias da cidade. Eram locutores locais, falando do movimento no centro, de alguma greve ou comentando bem a moda do interior do Vale, os fatos nacionais e do mundo.


A rádio sempre me pareceu uma conexão com o local, de saber o que está acontecendo no lugar. Com o tempo conheci rádios de fora, com programações musicais bem bacanas mas nada como ouvir as rádios locais. Acredite, rádios locais funcionam para um viajante curioso que chega de fora como um mercado funciona para um cozinheiro.


A rádio expressa a cultura, as notícias do lugar, o estilo de música que as pessoas gostam. A rádio é uma expressão fiel do modo de ser das pessoas do lugar.


Como disse, meu flerte com rádio é antigo, mas daí para imaginar em fazer um programa, estava muito longe do meu pensamento. E foi assim, do nada!, que surgiu o convite do Roberto Silva, da rádio Nova FM. E a ideia dele era que eu fizesse um programa de uma hora todos os dias!


Eu realmente não tenho disponibilidade para tanto, mas comecei a pensar no assunto, e durante a pandemia, na era das LIVES nasceu o programa de rádio Batuque na Cozinha.


Foi inevitável pra mim a conexão interior, entre LIVES e os programas de rádio aos quais tenho me dedicado. E fico pensando nos significados dessas formas de comunicação e correlaciona-las a esse momento da minha vida.


Durante o tempo das LIVES eu vivo a era da rádio!


Acho que a rádio tem resgatado em mim um pouco da jornalista que gostaria de ter sido e fui! Está me trazendo a oportunidade de me conectar com assuntos que fazem a diferença na vida das pessoas e me fazem refletir num momento em que me conheço o suficiente para criar uma espécie de arquivo, que poderei acessar no momento que precisar.


Está aí uma coisa positiva em 2020. Essa minha experiência com o Batuque na Cozinha, o programa de rádio que tempera a sua vida!


Ainda estou engatinhando nesse novo desafio mas sinto que ele está me preparando para a LIVE verdadeira!


A LIVE ao vivo, de verdade, a cores, sentindo cada brisa, raio de sol, doçura ou aspereza da vida... A LIVE que tem o cheiro do esgoto e das flores...A vida como ela é.


Por que as melhores coisas não podem ser feitas virtualmente. E por isso tem um valor inestimável!

10 visualizações
  • Facebook
  • Instagram
  • Trip Advisor ícone social

© 2020 Restaurante Banana da Terra